quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Deputado, senador, governador: conheça a carreira política de Cabral

Ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho foi preso pela PF.
Ele é suspeito de receber propina por contratos. Defesa não respondeu.


Jornalista de formação, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral Filho, preso nesta quinta-feira (17), começou a ganhar destaque na política na década de 1990, quando foi campeão de votos ao se eleger deputado estadual.
Com três mandatos como deputado, ele acabou se elegendo senador em 2002 e depois comandou o governo do estado do Rio por duas vezes.
Alvo da Operação Calicute, Cabral foi preso pela Polícia Federal sob a suspeita de receber milhões em propina para fechar contratos públicos. A operação apura desvios em obras do governo estadual. O prejuízo é estimado em mais de R$ 220 milhões. A defesa do ex-governador não se manifestou.
Ascensão política
Cabral fazia parte do PMDB na juventude, mas começou a ganhar destaque na política do Rio a partir de 1990, quando se elegeu deputado estadual pelo PSDB. Campeão de votos, foi reeleito para o cargo em 1994 e em 1998.
O bom desempenho nas eleições o cacifou para presidir a Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), cargo que ocupou por oito anos.
Nesse meio tempo, disputou a Prefeitura do Rio por duas vezes (em 1992 e 1996), mas perdeu as eleições.
Suspeita
Em 1998, surgiu a primeira suspeita envolvendo o nome de Cabral, em razão da compra de uma casa em Mangaratiba, no sul do estado.
O então governador do Rio, Marcello Alencar, também do PSDB, rompeu com Cabral e entrou com uma representação no Ministério Público Estadual contra ele por improbidade administrativa. A investigação de enriquecimento ilícito acabou arquivada.
Senado
Em 2002, elegeu-se senador pelo Rio de Janeiro pelo PMDB em uma aliança com Rosinha Garotinho (esposa de Anthony Garotinho), que se elegeu governadora.
Governo do Rio
Virou governador do Rio de Janeiro pela primeira vez em 2006, seu primeiro cargo no Executivo, quando se elegeu pelo PMDB com apoio dos ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho. A chapa dele tinha Luiz Fernando Pezão como vice.
A sua gestão teve como principal marca na área de segurança pública a implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) com objetivo de retomar as comunidades dominadas pelo tráfico.
Em 2009, outro feito no seu governo foi a escolha do Rio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.
Reeleição
Em outubro de 2010, Cabral foi reeleito governador ainda no primeiro turno, com mais de 66% dos votos, tendo Pezão de novo como vice.
Sérgio Cabral, Cavendish e secretários do governo do Rio durante jantar em Paris em 2009 (Foto: Reprodução/TV GDelta e Cavendish
O declínio da popularidade do ex-governador veio com a revelação da ligação dele com Fernando Cavendish, empreiteiro, dono da construtora Delta.
Em 2011, um acidente de helicóptero matou a nora dele, o filho e a mulher do empreiteiro Fernando Cavendish, dono da empresa Delta, revelando a amizade entre os dois.
Em 2012, a Delta foi declarada inidônea e desdobramentos da Operação Monte Carlo levam ao fim da amizade entre Cabral e Cavendish.
Ainda nesse ano, foram reveladas fotos feitas durante viagem oficial em 2009 que mostravan um encontro entre secretários estaduais de Cabral e Cavendish em um restaurante de Paris.
No encontro, todos aparecem com guardanapos de pano branco amarrados na cabeça. O episódio gerou repercussão negativa.
Em Mônaco, o empreiteiro também participou da comemoração do aniversário da então primeira-dama do Rio Adriana num dos restaurantes mais caros do país.
-
Protestos
Embalados pela onda de protestos de 2013,  manifestantes foram às ruas se manifestar contra suspeitas de corrupção no governo Cabral.
Manifestantes chegaram a acampar durante dias junto do prédio onde ele morava, no Leblon, zona sul do Rio.
Na mesma época, o desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza desapareceu após uma operação da UPP da Rocinha foi uma das crises mais graves enfrentadas pela gestão de Sérgio Cabral.
Renúncia
Em abril de 2014, Sérgio Cabral renunciou ao mandato de governador do Rio de Janeiro. A estratégia era dar mais visibilidade ao seu vice, Pezão, que iria disputar o governo do Rio nas eleições de outubro daquele ano. Pezão se elegeu. Desde então, Cabral reduziu suas aparições públicas.
Delação
Em junho de 2016, um ex-executivo da Andrade Gutierrez disse em delação premiada que houve um pedido de Wilson Carlos, que era secretário de Governo da gestão Sérgio Cabral, para que fosse pago ao Tribunal de Contas do Estado 1% de propina sobre o valor da reforma do Maracanã.
Bloqueio
Em julho de 2016, o Tribunal de Contas do Estado bloqueia de R$ 198 milhões em créditos para as construtoras Odebrecht e Andrade Gutierrez em relação a obras de reforma do Maracanã para a Copa de 2014.
Prisão
Em 17 de novembro de 2016, Cabral Filho é preso pela Polícia Federal na Operação Calicute, braço da Lava-Jato, sob a acusação de liderar grupo que desviou R$ 224 milhões em contratos com empreiteiras. Adriana Ancelmo, mulher de Cabral, foi levada em condução coercitiva para depor.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-me por Email

Lições de vida

Cada dia em nossas vidas nos ensina lições que muitas vezes nem percebemos.
Desde o nosso primeiro piscar de olhos, desde cada momento em que a fome bate, desde cada palavra que falamos.
Passamos por inúmeras situações, na maioria delas somos protegidos, até que um dia a gente cresce e começamos a enfrentar o mundo sozinhos.
Escolher a profissão, ingressar numa faculdade, conseguir um emprego...Essas são tarefas que nem todos suportam com um sorriso no rosto ou nem todos fazem por vontade própria.
Cada um tem suas condições de vida e cada qual será recompensado pelo esforço, que não é em vão.Às vezes acontecem coisas que a gente nem acredita.
Às vezes, dá tudo, tudo errado!Você pensa que escolheu a profissão errada, que você mão consegue sair do lugar, ás vezes você sente que o mundo todo virou as costas...Parece que você caiu e não consegue levantar...Está a ponto de perder o ar...Talvez você descubra que quem dizia ser seu amigo, nunca foi seu amigo de verdade e talvez você passe a vida inteira tentando descobrir quem são seus inimigos e nunca chegue a uma conclusão.
Mas nem tudo pode dar errado ao mesmo tempo, desde que você não queira.E aí... Você pode mudar a sua vida!Se tiver vontade de jogar tudo pro alto, pense bem nas conseqüências, mas pense no bem que isso poderá proporcionar.Não procure a pessoa certa, porque no momento certo aparecerá.Você não pode procurar um amigo de verdade ou um amor como procura roupas de marca no shopping e nem mesmo encontra as qualidades que deseja como encontra nas cores e tecidos ou nas capas dos livros.Olhe menos para as vitrines, mas tente conhecer de perto o que está sendo exibido.
Eu poderia estar falando de moda, de surf, de tecnologia ou cultura, mas hoje, escolhi falar sobre a vida!Encontre um sentido para a sua vida, desde que você saiba guiá-la com sabedoria.Não deixe tudo nas mãos do destino, você nem sabe se o destino realmente existe...Faça acontecer e não espere que alguém resolva os seus problemas, nem fuja deles.Encare-os de frente. Aceite ajuda apenas de quem quer o seu bem, pois embora não possam resolver os seus problemas, quem quer o seu bem te dará toda a força necessária pra que você possa suportar e...Confie!
Entenda que a vida é bela, mas nem tanto...Mas você deve estar bem consigo mesmo pra que possa estar bem com a vida.Costumam dizer por aí que quem espera sempre alcança, mas percebi que quem alcança é quem corre atrás...Não importa a tua idade, nem o tamanho de seu sonho...A sua vida está em suas próprias mãos e só você sabe o que fazer com ela...Autor ( Lilian Roque de Oliveira )


twitter

Mapa