quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Pernas e pés inchados

Pernas e pés inchados: como a grávida pode enfrentar confortavelmente o verão?

Apesar de se intensificar durante o verão, o inchaço ou edema pode afetar as grávidas durante toda a gestação.
Durante o verão é muito comum que as reclamações das gestantes sobre pernas e pés inchados aumentem. Algumas relatam que não conseguem calçar os sapatos de tão inchados que estão os pés... “A explicação para o inchaço e as reclamações relaciona-se com o clima. Os dias quentes provocam uma dilatação maior dos vasos sanguíneos. Com isso, o sangue passa a circular mais devagar, fazendo com que o corpo retenha mais líquidos do que nos outros dias", diz o ginecologista e obstetra, Aléssio Calil Mathias, diretor da Clínica Genesis.
Apesar de se intensificar durante o verão, o inchaço ou edema pode afetar as grávidas durante toda a gestação. Cerca de 75% das futuras mamães passam por esse problema, principalmente a partir do quinto mês. “Os membros inferiores são as regiões do corpo que mais tendem a sofrer com o incômodo. É o chamado edema gravitacional, quando a água se acumula conforme as leis da gravidade. Esse aumento ocorre progressivamente ao longo do dia, intensificando-se no final da tarde e no começo da noite", explica o médico. Há outros locais do corpo que também podem apresentar inchaço: mãos, rosto e nariz.

Por que o inchaço ocorre?
Há várias causas para a retenção de líquidos. “Uma delas é a própria mudança hormonal do período. Durante a gestação, a mulher produz muita progesterona. Também há mulheres que possuem o sistema linfático mais lento, tendo dificuldade de drenar o líquido que se acumula pelo corpo”, diz o diretor da Clínica Genesis.
Além disso, a partir do quinto mês da gestação, o tamanho do útero dificulta o fluxo venoso dos membros inferiores para a circulação central. “Assim, o sangue que está nos pés e nas pernas encontra resistência para retornar ao coração devido à compressão do útero sobre os vasos da região pélvica”, explica o ginecologista Aléssio Calil Mathias.

O que pode ser feito para amenizar o inchaço?
1) Cuide da sua alimentação
“Use pouco sal para temperar os alimentos. Ele é um dos maiores culpados pelo inchaço na gravidez. A gestante precisa ficar atenta também ao consumo de alimentos ricos em sódio que colaboram para agravar o problema, dentre estes, destacamos os embutidos - salame, lingüiça, salsicha - , sanduíches de fast food e os temperos prontos. Orientamos também a futura mamãe a beber muita água e a priorizar legumes e verduras nas refeições”, diz a endocrinologista da Clínica Genesis, Silvia Mizue Hashimoto Toledo.
2) Exercite-se
“Exercícios físicos ajudam a reduzir o inchaço. As atividades mais recomendadas são aquelas feitas na água, como hidroginástica e natação. A água exerce pressão no espaço extra-vascular, favorecendo a entrada de líquidos nos vasos sanguíneos e linfáticos, melhorando a circulação", explica a fisioterapeuta da Clínica Genesis, Carolina Aliano. Antes de começar os exercícios, a gestante deve conversar com o médico que acompanha o seu pré-natal para saber se está apta a realizar atividades físicas.
3) Use meias elásticas
"Muitas gestantes dizem que as meias incomodam, esquentam e a maioria acaba deixando-as de lado, mas as meias elásticas de compressão específica são muito importantes. O objetivo é pressionar as paredes das veias periféricas, não permitindo o extravasamento de líquido para o meio extravascular, diminuindo o acúmulo de água nas pernas e pés. O uso das meias deve ser diário, desde o início da gravidez até o período pós parto", afirma o angiologista e cirurgião vascular da Clínica Genesis, Henrique Lamego Jr.
4) Use cremes apropriados
Há uma série de cremes que prometem aliviar o inchaço. “É preciso ter cuidado na hora da escolha do produto. Produtos com cânfora em sua composição não devem ser utilizados pelas gestantes devido à toxidade que a substância apresenta para o feto. Um dermatologista pode indicar os cremes mais apropriados para cada gestante”, afirma a dermatologista da Genesis, Luciana Cattini.
5) Pernas para cima
"Esta é a solução mais antiga e prática para o problema. No fim do dia é recomendável que a gestante coloque as pernas para o alto, com o objetivo de facilitar o retorno do sangue das pernas para o coração. Se estiver no trabalho, ela pode colocar as pernas numa cadeira ou qualquer apoio, mantendo os pés ao mesmo nível do quadril. Em casa, a grávida pode deitar e acomodar as pernas em dois ou três travesseiros, para elevar os pés", explica Henrique Lamego Jr.
6) Drenagem linfática
A massagem é uma aliada importante da gestante. “Quando aplicada de maneira correta, ajuda a melhorar a circulação sanguínea e a diminuir o inchaço. Mas, antes de iniciar as sessões de massagem, é preciso certificar-se que o profissional é especializado no atendimento à grávidas”, aconselha Carolina Aliano. A drenagem linfática apresenta restrições durante a gravidez: “a região abdominal não deve ser massageada, os movimentos devem se concentrar nos braços, pernas, costas e glúteos. As sessões só devem iniciar após o terceiro mês de gestação”, explica a fisioterapeuta.

Sintomas de outros problemas
Apesar de ser comum durante a gestação, o inchaço associado a outros sintomas deve ser visto com atenção pelo ginecologista, pois pode indicar complicações. “Um dos mais importantes é o aumento da pressão arterial ou perda de proteínas pela urina. Neste caso, os sintomas podem indicar uma pré-eclâmpsia, doença específica da gravidez que provoca parto prematuro e traz riscos para a mãe e o bebê”, afirma o ginecologista Aléssio Calil Mathias.
A pré-eclâmpsia provoca inchaço abrupto e aumento do peso corporal pelo excesso de água retida. O inchaço acomete todo o organismo, sendo evidente nas pálpebras e nas mãos, impedindo o uso de alianças, por exemplo. “Por isso, quem já apresentou problemas de hipertensão antes da gravidez ou está apresentando os sintomas do problema deve procurar imediatamente o médico. Quanto antes diagnosticada, maiores as chances da gestação seguir normalmente e sem riscos”, recomenda o diretor da Genesis.
fonte:http://guiadobebe.uol.com.br/pernas-e-pes-inchados/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-me por Email

Lições de vida

Cada dia em nossas vidas nos ensina lições que muitas vezes nem percebemos.
Desde o nosso primeiro piscar de olhos, desde cada momento em que a fome bate, desde cada palavra que falamos.
Passamos por inúmeras situações, na maioria delas somos protegidos, até que um dia a gente cresce e começamos a enfrentar o mundo sozinhos.
Escolher a profissão, ingressar numa faculdade, conseguir um emprego...Essas são tarefas que nem todos suportam com um sorriso no rosto ou nem todos fazem por vontade própria.
Cada um tem suas condições de vida e cada qual será recompensado pelo esforço, que não é em vão.Às vezes acontecem coisas que a gente nem acredita.
Às vezes, dá tudo, tudo errado!Você pensa que escolheu a profissão errada, que você mão consegue sair do lugar, ás vezes você sente que o mundo todo virou as costas...Parece que você caiu e não consegue levantar...Está a ponto de perder o ar...Talvez você descubra que quem dizia ser seu amigo, nunca foi seu amigo de verdade e talvez você passe a vida inteira tentando descobrir quem são seus inimigos e nunca chegue a uma conclusão.
Mas nem tudo pode dar errado ao mesmo tempo, desde que você não queira.E aí... Você pode mudar a sua vida!Se tiver vontade de jogar tudo pro alto, pense bem nas conseqüências, mas pense no bem que isso poderá proporcionar.Não procure a pessoa certa, porque no momento certo aparecerá.Você não pode procurar um amigo de verdade ou um amor como procura roupas de marca no shopping e nem mesmo encontra as qualidades que deseja como encontra nas cores e tecidos ou nas capas dos livros.Olhe menos para as vitrines, mas tente conhecer de perto o que está sendo exibido.
Eu poderia estar falando de moda, de surf, de tecnologia ou cultura, mas hoje, escolhi falar sobre a vida!Encontre um sentido para a sua vida, desde que você saiba guiá-la com sabedoria.Não deixe tudo nas mãos do destino, você nem sabe se o destino realmente existe...Faça acontecer e não espere que alguém resolva os seus problemas, nem fuja deles.Encare-os de frente. Aceite ajuda apenas de quem quer o seu bem, pois embora não possam resolver os seus problemas, quem quer o seu bem te dará toda a força necessária pra que você possa suportar e...Confie!
Entenda que a vida é bela, mas nem tanto...Mas você deve estar bem consigo mesmo pra que possa estar bem com a vida.Costumam dizer por aí que quem espera sempre alcança, mas percebi que quem alcança é quem corre atrás...Não importa a tua idade, nem o tamanho de seu sonho...A sua vida está em suas próprias mãos e só você sabe o que fazer com ela...Autor ( Lilian Roque de Oliveira )


twitter

Mapa